A Transformação Digital (ou DX, sigla em inglês) continua em rampa ascendente no mundo todo, impactando positivamente os gastos com tecnologia da informação em todas as verticais econômicas e regiões geográficas. Mas não se engane, tem muita empresa ainda sem acordar para a mudança, correndo o risco de sumir.

Segundo o estudo IDC FutureScape: Worldwide Digital Transformation 2018 Predictions, liberado nesta quarta-feira (1/11), os investimentos diretos em transformação digital vão somar US$ 6,3 trilhões para o triênio 2018–2020. Ainda assim, a consultoria alerta que 59% das empresas globais ainda estão no que ela chama “impasse digital” e permanecem enroscadas nos estágios dois ou três do índice de maturidade digital (DX Maturity) da IDC.

Em uma webconference realizada nesta quarta-feira, a consultoria elencou suas dez previsões para os próximos 3 anos que deverão ajudar CIOs e executivos de negócio a priorizar suas decisões de investimento em tecnologia da informação para mover-se mais rápido para a transformação digital.

O diretor global de pesquisa de estratégias de transformação digital da IDC, Shawn Fitzgerald, disse que “as previsões representam os mais recentes pensamentos em programas-chave, tecnologias e processos necessários para ter sucesso na economia digital”. Segundo Fitzgerald, “estamos vendo mais empresas tornarem-se mais capacitadas digitalamente, mas há um grande gap entre os líderes e os retardatários, com consequências significativas para as empresas que não conseguirem fazer a transição para um modelo nativo digital.”

Confira a seguir a versão 2018 das dez previsões anuais da consultoria:

Previsão 1: Até o final de 2019, o investimento global em DX será de US$ 1,7 trilhão, representando um crescimento de 42% sobre o valor investido em 2017;

Previsão 2: Em 2019, todas as organizações digitalmente transformadas vão gerar pelo menos 45% da sua receita em modelos de negócio baseados em “Futuro do Comércio”;

Previsão 3: Em 2020, os investidores vão avaliar os negócios digitais com métricas bem diferentes dos negócios tradicionais. Cerca de 75% do valor de mercado das empresas vai depender de índices como Participação de Plataforma, Valor de Dados e Engajamento do Consumidor;

Previsão 4: Até o final de 2018, pelo menos 40% das empresas globais terão um time completo de liderança digital ao invés de terem apenas um único executivo no modelo Chief Digital Officer (CDO) para acelerar suas iniciativas corporativas para o modelo DX;

Previsão 5: Até 2019, Assistentes Pessoais Digitais (Personal Digital Assistants) e Bots vão responder por apenas 1% das transações de mercado, mas vão influenciar 10% de todas as vendas, gerando crescimento de receita para as empresas que souberem dominar seu uso;

Previsão 6: Até 2020, em metade das empresas do ranking Global 2000 o crescimento da receita gerada por produtos e serviços baseados em uso de informação será duas vezes maior que a taxa média de crescimento do seu portfólio convencional de Produtos/Serviços;

Previsão 7: Em 2020, 85% das novas contratações de posições técnicas baseadas na operação serão projetadas para habilidades analíticas e de IA, possibilitando o desenvolvimento de projetos DX centrados em dados sem precisar buscar fora novos talentos centrados em dados.

Previsão 8: Em 2020, um quarto (25%) das empresas do ranking Global 2000 terão desenvolvido programas de treinamento digital e cooperativas digitais para competir mais efetivamente na guerra por talentos;

Previsão 9: Em 2019, 40% das iniciativas de transformação digital serão suportadas por recursos cognitivos e de Inteligência Artificial, acelerando a velocidade dos insights críticos para novos modelos  operacionais e de monetização das empresas;

Previsão 10: Em 2020, 60% de todas as empresas terão articulado completamente sua estratégia de plataforma digital para toda a oarganização e estarão em processo de implementar tal estratégia;

A IDC utiliza como base para suas previsões seu modelo de maturidade para a transformação digital que está dividido em cinco pilares: Liderança, Omni-Experience, Informação, Modelo Operacional e Forças de Trabalho. Para saber mais sobre o estudo visite o site https://www.idc.com/events/futurescapes.